Métricas Lean: Aprenda como analisar as métricas dos processos!

Saiba como interpretar, calcular e otimizar as métricas do Lean para todos os seus processos empresariais! Elimine desperdícios e torne-se Lean!

Métricas Lean

Baseado em 27 avaliações
  • 1045 Alunos matriculados
  • 02 Horas de duração
  • 18 Aulas
  • 2 Módulos
  • 1 ano de suporte
  • Certificado de conclusão
Parcele em 12x R$ 10,75 (ou R$ 129,00 à vista) OU
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

"Muito bom. Bem explicado e quando ouve a necessidade de tirar dúvida fui respondido rapidamente. É o segundo curso que eu estou fazendo e estou cada vez mais entusiasmado em fazer outros."
Vinícius Sozio Cornes
mais avaliações

O Lean (Filosofia Enxuta)

Os conceitos da metodologia Lean foram traçadas por Henry Ford. Ele gostava de manter os padrões de produção altos, de modo que cada passo fluísse naturalmente para o próximo, resultando em muito pouco desperdício.

A Toyota então passou a operar com esses processos e desenvolveu o Sistema Toyota de Produção, que se tornou um dos sistemas mais eficientes do mundo.

O Lean identifica sete áreas de desperdício que são comuns na maioria dos sistemas de produção. Veja a seguir quais são esses desperdícios e a que cada um deles se refere.

7 desperdícios Lean

  1. Superprodução: ocorre quando os produtos são produzidos e não há demanda de compra do cliente.
  2. Espera: espera é o tempo de atraso entre cada etapa da produção. Quando os funcionários estão parados esperando, nenhum valor está sendo adicionado.
  3. Transporte: esse tipo de resíduo ocorre quando materiais ou produtos são movidos de forma ineficiente.
  4. Movimentação: refere-se a padrões de trabalho ruins que acontecem entre as tarefas.
  5. Processamento desnecessário: o processamento desnecessário ocorre quando se gasta muito tempo produzindo um produto ou se produz de uma maneira muito ineficiente.
  6. Excesso de estoque: acontece quando os níveis de estoque estão muito altos e não há trabalho em andamento ao mesmo tempo.
  7. Defeitos: são o número de horas que os funcionários gastam identificando e corrigindo erros de produção.


O que eu aprenderei com o curso?

  • Calcular as métricas do Lean
  • Interpretar as métricas
  • Identificar gargalos nos processos
  • Entendere o quê / como podemos melhorar
1 ano Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 1 ano após a matrícula.

Nosso curso se destina a profissionais e estudantes que desejam melhorar sua produtividade e eficiência nas suas atividades do dia-a-dia.

CAE Treinamentos
"Dirigida pelo Prof. Carlos Sander, a CAE oferece treinamentos que anteriormente eram só presenciais de forma totalmente online e com suporte exclusivo."

   

A empresa agrega as ferramentas mais utilizadas em diversas empresas multinacionais de uma forma dinâmica e atual, focando na maior necessidade do cliente. Estamos diretamente ligados com a implantação e treinamento de Lean Seis Sigma em empresas. Isso contribui para um treinamento sólido, aplicação teórica e desenvolvimento de práticas visando a melhor capacitação.

Carlos Sander
, responsável pelos cursos de Seis Sigma e relacionados a Gestão da Qualidade no EAD da CAE Treinamentos, é Engenheiro formado pela UNESP e estudou Business and Management na University of Arkansas (Fayetteville, EUA). Decidiu pela criação dos cursos especializados em Seis Sigma e Lean Manufacturing para preencher o gap existente entre a formação teórica das universidades e as aplicações práticas no dia-a-dia das organizações. Todo esse conhecimento é oferecido com excelente qualidade em vídeo-aulas, apostilas e suporte diferenciado. 


"Acreditamos que capacitar-se da melhor forma possível tornou-se uma necessidade no mercado atual. Estamos dispostos a contribuir para alavancar e impulsionar ainda mais sua carreira."


Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretarias Estaduais de Educação autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal.  É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme explicado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

Conteúdo Programático

  • 1. Introdução e informações
  • 2. Primeiros passos
  • 3. Definições preliminares
  • 4. Defeitos vs Defeituosos
  • 1. Lead time
  • 2. Tempo de ciclo
  • 3. Eficiência do ciclo do processo
  • 4. Taxa de saída
  • 5. WIP
  • 6. Tempo de Setup
  • 7. Takt Time
  • 8. Exercício para aplicação
  • 9. OEE: Eficácia Global do Equipamento
  • 10. Benchmark OEE
  • 11. Disponibilidade
  • 12. Aula extra: Cálculo OEE do curso de Lean Specialist
  • 13. FTT: First Time Through
  • 14. RTY: Rolled Throughput Yield
Voltar ao topo